Cresce o mercado de Swing no Brasil – Você toparia ir?

Um dos mercado que vêm crescendo muito no Brasil em época de crise é o mercado adulto, casas de swing, sites de exibicionistas por webcam, entre outros são tendências.

E você toparia ir?

Casal se beijandoRecebemos uma pergunta falando sobre swing, afinal pode ou não pode? Vamos a pergunta:

“Estou louco para arrastar minha amada numa casa de swing, a gente até já conversou um pouquinho sobre isto e ela pareceu gostar da ideia mais ficou um pouco envergonhada. Admitido pra você que a ideia de observar a minha mulher com outro cara e eu com outra mulher me deixa louco, 0 que eu faço? Vamos adiante ou não?”

Sabe que eu gostei da sua última dúvida, “vamos adiante ou não “, ela evidência pra gente que para você tomar qualquer tipo de decisão vai ter que estudar a tua parceira, por isso não é “VOU seguir adiante ou não “, mas “VAMOS seguir adiante ou não”, achei bastante legal que você já na tua dúvida proporciona uma pista para a resposta.

Essas decisões são do casal e de modo algum apenas um indivíduo pode decidir sozinho, não vale a gente ficar botando pressão por um atração física que é apenas tua e não dela, acho que vocês apenas precisam ir adiante com essa história de realizar swing ou não se a vontade for dos 2.

Agora vamos julgar do ponto de vista prático, swing pode ou não pode? É legal ou não é legal? É correto ou não é correto? A resposta vai depender do casal!

O que é Swing exatamente

Contudo o que é swing? Swing ou troca de casais é justamente este comportamento de você ficar com outra pessoa e a tua parceira (o) ficar com outra pessoa também, e vocês estarem juntos, assistirem isto ou saberem ao menos o que está acontecendo; isto ocorrer de alguma maneira no mesmo tempo e lugar, em suma, é uma prática dos 2 em uma troca de casais, ou seja, uma troca com outro casal que topou a mesma ousadia de vocês.

Isso pode ou não pode? Vai bastante do casal, possui casal que adota a experiência de swing com alguma consistência, uma vez por mês, uma vez por ano, isto proporciona uma pimenta, um molho, um tempero pro relacionamento e tudo bem obrigado.

Tem casais que fazem isto uma única vez na vida, como uma experiência, essa experiência pode ser ótima, isto fazer casualmente memórias legais e prazerosas, ou pode ser uma experiência inconveniente, uma experiência que causa um impacto bastante prejudicial e algumas vezes até faz o casal se separar, um casal romper por razão dessa experiência. Existem homens, por exemplo, que acham que vão conseguir gozar muito, mas não chegam sequer a ter a relação por ser uma experiência bem diferente do que imaginava.

Por isso a gente tem que tomar bastante cuidado com essa questão, se questionar “estamos ou não preparados para viver essa aventura essa experiência nova?”. E dessa forma é fundamental que a experiência e a decisão seja compartilhada pelos 2.

Ocorre que alguns casais passam a adotar a conduta de swing o tempo inteiro, o swing é a única maneira dos casais se relacionarem, aí eu acho que tem uma confusão; se eu estou com alguém que o único entusiasmo na vida que eu tenho é praticar swing, será que de fato eu deveria estar com essa pessoa, eu estou bem com essa pessoa, é legal estar com essa pessoa já que a única maneira que a gente pode ter deleite é trocando de casais?

Existem casais que só conseguem ser feliz praticando relação sexual fora de casa, mas em casa precisa de um viagra caseiro, algum afrodisíaco, senão a coisa não funciona.

Não há uma fórmula pra todo mundo, não há uma decisão de todo mundo, há uma decisão consensual do casal.

Apenas um recadinho final que a gente constantemente fala aqui, é profundamente imprescindível que os casais se protejam nessas formas livres de sexo, como swing, sexo grupal, etc.

Para cada parceiro, para cada parceira, uma camisinha distinto, e para cada destino no corpo do parceiro ou da parceira também uma preservativo distinto, visto que isto vai garantir de alguma modo saúde e segurança para o casal.

É isto! Passamos algumas ideias básicas sobre swing, a decisão está com vocês, eu na minha avaliação pensaria bem, discutiria bem com a minha parceira, se ela está a fim se é isto mesmo que ela pretende, ou se ela está fazendo apenas pelo motivo de eu tô afim.

E por acaso já deixar arranjado a ideia de que se o casal não usufruir esquecer essa história e não realizar nunca mais, é um modo de evitar uma ressaca moral.

E você toparia abrir um negócio nesse nicho?

Ganhar dinheiro no nicho adulto

Para empreendedores de mente aberta, que não tem medo de assumir suas decisões “fora da caixa” para a família e amigos, o mercado adulto é sem duvida uma ótima oportunidade de negócio. Além de casas de swing, trabalhar com canais adultos no YouTube, ou abrir um site de webcam adulta como o Câmera Prive são ótimas oportunidades.

É isso aí amigos! E vocês o que vocês acham de swing? Vocês topariam realizar, já fizeram? Conte as suas experiências aqui embaixo!

Se você curtiu, se você achou legal se inscreve no blog e compartilha com seus amigos! Até à próxima!

John Leite

View more posts from this author