Autor: John Leite

Como mensurar os resultados de uma Agência de Marketing Digital

Você pode pensar no retorno de marketing, em especial com uma agência de marketing digital como a corrida entre a tartaruga e a lebre. Existem vários resultados de “coelho” que podemos obter com medidas de curto prazo:

Auditoria e otimização do seu site

Quase todos os clientes têm algo em seu site que aumentará o tráfego imediatamente depois de consertado. Uma auditoria de uma Agência de SEO completa pode ajudar a identificar esses problemas.

Cortar ou corrigir campanhas de baixo desempenho

Depois de auditar suas campanhas existentes, algumas podem ser corrigidas, outras precisam apenas ser cortadas. Essa é uma maneira rápida de garantir que seu orçamento seja gasto de maneira eficaz.

Otimizando ativos de alto tráfego para converter leads

Para a maioria dos clientes, normalmente há páginas da web que apresentam melhor desempenho do que outras. A otimização dessas páginas para conversões pode trazer ganhos imediatos.

Portanto, nosso processo sempre começa com uma auditoria de campanha de marketing de cima para baixo, começando pelo seu site. Como dizemos, resolver problemas técnicos e tropeços de conteúdo pode obter resultados rápidos, dentro de uma semana.

Se o seu site não foi atualizado, digamos, nos últimos cinco anos, é muito provável que grandes problemas de SEO estejam impedindo que o tráfego chegue até você.

Também examinamos as campanhas de anúncios existentes e as melhorias que podemos fazer na segmentação, palavras-chave e desempenho. Nós pesquisamos seu portfólio de mídia social e analisamos essas métricas para determinar o que podemos melhorar.

Agora que essas medidas foram esclarecidas, podemos nos contentar com a parte da “tartaruga”, onde estabelecemos as bases para o planejamento de campanhas de longo prazo para aumentar o tráfego, leads e conversões ao longo do tempo.

Mesmo na velocidade da Internet, algumas campanhas e estratégias de marketing precisam ser desenvolvidas ao longo do tempo, principalmente se sua empresa tem como objetivo palavras-chave altamente competitivas.

Leia também: Razões para usar WhatsApp Business em sua empresa

O que você deve perguntar à sua agência de marketing

Depois de restringir sua pesquisa a algumas agências, existem alguns aspectos cruciais que você precisa saber. Aqui está o que você precisa perguntar a eles:

1. Qual é o seu processo de integração? Como eles iniciam o relacionamento? Quem faz o quê? Qual é a primeira etapa e quando você vê os resultados? Saiba como o Cardinal lida com a integração do cliente.

2. Que nível de comunicação devemos esperar? Deve haver um plano de comunicação para receber atualizações e relatórios e resolver problemas ou levantar preocupações.

3. A agência é transparente? Você deve ter acesso a todos os ativos para a marca, a estrutura das campanhas e o plano de marketing.

4. Qual é o histórico de desempenho deles? Você deve ser capaz de visualizar estudos de caso, ou pelo menos avaliações e classificações. O ideal é uma empresa de marketing que já tenha trabalhado com o seu tipo de setor ou algo próximo a ele.

Você deseja prestar atenção aos resultados que eles conseguiram alcançar para empresas com modelos anteriores como o seu. Explore nossos estudos de caso para ver o tipo de resultados que entregamos.

5. Como eles definem o sucesso? Cuidado com as empresas que fazem promessas irrestritas. Como repetimos várias vezes neste post, cada empresa é diferente. Mesmo com a mesma empresa, as forças de mercado estão sempre mudando, com concorrentes e tendências do setor indo e vindo.

A economia é um sistema muito caótico para dar garantias. Qualquer pessoa dizendo que pode colocá-lo na posição # 1 no Google da noite para o dia está mentindo. Métricas de sucesso realistas soam mais como estatísticas e números que a empresa pode respaldar.

Ao fazer essas perguntas, você terá uma ideia muito melhor do que esperar ao trabalhar com uma agência.

Conclusão

Esta postagem do blog poderia ter sido um FAQ! Mas, esperançosamente, você obteve alguns insights sobre como fazer as agências de marketing trabalharem para você. Como muitas coisas nos negócios, o trabalho em equipe faz o sonho funcionar!

Continue Reading

Como escolher um escritório de coworking

Passamos a maior parte de nossas horas de vigília no trabalho. Quer você seja proprietário de uma empresa, freelancer ou empreendedor, é importante escolher um escritório de coworking que o faça sentir energizado e produtivo. Mas com tantos espaços de escritório compartilhados para escolher, como você pode ter certeza de que escolheu aquele que é certo para você?

Escolhemos as coisas mais importantes a considerar ao escolher um escritório de coworking, para que você possa verificá-las na próxima vez que fizer compras: 

1. Localização

Um longo trajeto é a segunda coisa que os brasileiros mais odeiam no dia a dia (logo após o trabalho doméstico). Com o tráfego de Ribeirão Preto, etiqueta única ao dirigir, escolher um escritório de coworking perto de onde você mora, ou com opções de transporte público nas proximidades, vai economizar o estresse, o tempo e o dinheiro do combustível. 

A proximidade do escritório de coworking com lojas e restaurantes também é algo que você deve considerar para opções convenientes de almoço e happy hour.  

Veja: O que é um endereço fiscal?

2. Comunidade

Oportunidades de colaboração são provavelmente a maior vantagem de trabalhar em um espaço de escritório compartilhado. Você nunca sabe quando encontrará seu próximo cliente, parceiro criativo ou amigo de ioga nos espaços comuns. 

Ao olhar para escritórios de coworking, preste atenção ao que eles oferecem para promover conexões entre os membros. Eles têm uma área comum? Eles organizam eventos onde você pode encontrar outros membros da comunidade? 

Outra coisa a se considerar é em quais profissões os outros membros da comunidade trabalham e se suas habilidades serão adequadas para oportunidades de parceria. 

3. Meio ambiente

Você já entrou em um lugar e sentiu uma “vibração”? Sentimentos viscerais são algo que subestimamos – eles nos dizem coisas importantes que não podemos necessariamente ver, mas sentir. 

Ao visitar escritórios de coworking, preste atenção na vibração que você obtém do ambiente. Existe iluminação natural? As pessoas parecem felizes? Como é a cultura? Provavelmente, um espaço compartilhado onde você se identifica com a cultura é aquele onde você será mais feliz e mais produtivo. 

4. Tipos de escritório

Agora, para o lado prático das coisas: você precisa encontrar um espaço que acomode o que você precisa para trabalhar. Se seu trabalho exige um espaço privado, mesa flexível ou uso de sala de conferência, certifique-se de que o escritório de coworking escolhido tenha essas opções. 

Se você é um profissional criativo que faz filmes ou tirar fotos, você pode querer procurar um escritório de coworking que tenha estúdios e instalações de pós-produção onde você pode produzir seu trabalho (o Bee Work passa a ser o único escritório de coworking em Ribeirão Preto que oferece instalações de produção internas com serviço completo). 

5. Facilidades

Diferentes escritórios de coworking oferecem sua própria combinação de comodidades, então certifique-se de que aquele que você escolher oferece as comodidades de que você precisa. Crie uma lista de amenidades não negociáveis ​​que você precisaria em um escritório de coworking e verifique-as quando estiver fazendo compras. 

Alguns recursos a serem considerados:

  • Wi-Fi de alta velocidade;
  • Recepção com equipe;
  • Impressoras coloridas;
  • Animais de estimação ;
  • Café grátis ;
  • Acesso 24/7;
  • Armários;
  • Telefones.

6. Despesas

Por fim, certifique-se de encontrar um escritório de coworking que se enquadre no seu preço. Quase todos os escritórios de coworking oferecem níveis variados de privacidade e tamanhos de escritório para que você possa encontrar a opção que se adapta às suas necessidades e orçamento.

Continue Reading

5 dicas de marketing digital para sua loja online

Hoje em dia, a Internet é o maior mercado do mundo e a loja online tornou-se a mais importante fonte de receitas para muitas empresas. Uma boa loja online de aromaterapia com uma estratégia clara aumenta as suas chances de sucesso.

No entanto, também pode acontecer rapidamente que sua loja online não crie o que você deseja. Os fatores mais importantes na luta pelo melhor marketing online e como você pode influenciá-los de forma positiva agora podem ser encontrados aqui!

1. A loja online

Design de loja

O que é importante para o sucesso de uma loja online? Claro, o design da loja! Web design atraente, textos publicitários informativos, imagens atraentes e USPs valiosos estabelecem a base para o sucesso.

Quando se trata de texto publicitário, é particularmente importante que o cliente conheça a marca, a gama de produtos, o serviço e a equipe por trás disso. Na melhor das hipóteses, existem textos individuais em cada página de destino que correspondem à solicitação do cliente, para que ele tenha a sensação de “conselho pessoal”.

Quanto melhor e mais atraente for o texto, mais tempo alguém permanece no site e, idealmente, decide comprar. Além disso, deve haver uma página da equipe que revele informações sobre a empresa e, assim, coloque o cliente em contato indireto com os funcionários.

Semelhante aos textos, também é o caso das imagens. Imagens emocionantes e coloridas atraem muita atenção e interesse. Uma loja bem projetada causa uma forte primeira impressão e convida o cliente a uma interação mais longa. As fotos devem descrever bem o produto ou serviço e mostrar sempre o seu melhor lado.

USPs e outros pontos de venda

Os USPs (Proposta de Venda Única) descrevem seus pontos de venda exclusivos. O que define sua loja. Destaque os motivos que são importantes para o cliente em sua decisão de compra. Independentemente de se tratar de descontos, envio rápido, bom atendimento ou isenção de despesas de envio, os PSU devem ser claramente apresentados ao cliente.

Além das USPs, existem outras sugestões de compra importantes. São os selos de aprovação e os certificados que criam confiança e distinguem a sua loja. Isso dá ao cliente uma orientação para compras seguras.

Você também pode realizar campanhas de descontos regulares, por exemplo, com códigos de voucher que os clientes podem “ativar” por meio de determinadas campanhas. Isso aumenta a chance de decisões de compra espontâneas e você também pode reativar clientes anteriores.

2. Mídia social

As numerosas plataformas de mídia social conhecidas que agora existem e mantém vários milhões de pessoas em alerta todos os dias, oferecem a você oportunidades adicionais para construir uma nova “base de fãs” e gerar vendas ou tráfego ao mesmo tempo.

Não importa se é Facebook, Twitter ou Instagram, em cada plataforma existem toneladas de opções de segmentação e variantes para mostrar seus anúncios. Além de propagandas, você também deve postar artigos interessantes, informar as pessoas sobre o que está fazendo e despertar o interesse pela sua empresa.

Claro, todo começo é difícil, e talvez você não tenha uma grande “base de fãs” que esteja interessada em sua loja online, mas com um trabalho constante e criativo, você pode rapidamente construir uma comunidade maior.

Uma pequena dica: as diferentes plataformas de mídia social são caracterizadas por diferentes propriedades com as quais você deve estar familiarizado para um uso perfeito. Com o Facebook, por exemplo, você potencialmente atinge o maior alcance, o Twitter é mais adequado para textos informativos curtos e aqueles que têm ótimas fotos e vídeos sobre seus produtos devem definitivamente usar o Instagram. Para obter informações mais detalhadas sobre as respectivas plataformas de mídia social, clique aqui (link para nossas postagens no blog).

3. Sua presença online

Muitos compradores subsequentes não vêm diretamente para o seu site com uma intenção de compra específica; eles geralmente são direcionados para a sua página a partir de outras plataformas.

Portanto, se você quiser ter sucesso, deve estar presente no maior número de plataformas possível. Isso não se aplica apenas às redes sociais mencionadas acima, existem muitas outras maneiras de aumentar a presença de sua loja online.

A principal prioridade é seu próprio blog. Seu próprio blog ou consultor atrai novos clientes em potencial e torna sua empresa mais simpática aos clientes. Porém, é importante trazer sempre novos conteúdos, quanto mais, melhor.

Você também pode usar portais de imprensa gratuitos ou parcerias com outras lojas online para ganhar conhecimento. Não importa o que você faça, o principal é que seja informativo e útil para o cliente.

Leia também: Marketing digital para pequenos negócios

4. Snippets perfeitos

O termo snippet descreve a seção do seu site nos resultados de pesquisa do Google. O snippet consiste essencialmente em um título e na descrição e nos chamados metadados. Para os metadados, é importante ter uma descrição interessante do site, USP importante e um apelo à ação que deve encorajá-lo a chamar o site.

A extensão dos textos é limitada, mas você ainda deve fazer bom uso do espaço que tem disponível. Os USPs mencionados na etapa 1 devem fazer parte da sua descrição, bem como uma frase de chamariz, por exemplo “Compre agora”, “Descubra mais aqui”.

5. Google Ads

Já falamos sobre o design do seu site, mídias sociais, sua presença online geral e metadados, então o que ainda está faltando? Anúncios com Google Ads! O Google Ads faz parte de um mix de marketing online e é uma das formas mais lucrativas de anunciar online.

Mude para o Google Ads e anuncie seus produtos. Outra forma de obter os produtos da loja é o Google Shopping. Em seguida, eles são exibidos na pesquisa do Google acima dos resultados de pesquisa normais.

Ao configurar o Ads, no entanto, é especialmente importante escolher as palavras-chave para as quais deseja colocar anúncios. Como o Google Ads é pago por clique, escolher as palavras-chave erradas pode rapidamente se tornar uma proposta perdida.

Portanto, é especialmente importante no início configurar a conta do Ads com muito cuidado. Obtenha suporte de um especialista para configurar suas campanhas de publicidade!

Conclusão

O que se pode dizer sobre o marketing de loja online? Em qualquer caso, é uma tarefa muito complexa fazer funcionar uma boa loja online, porque há muitas coisas a considerar.

Independentemente de se tratar do design da sua loja, das inúmeras oportunidades de marketing nas redes sociais ou no Google Adwords e Snippets, existem muitas opções excelentes, mas também há muito o que fazer de errado.

Portanto, dê o primeiro passo e descubra mais sobre marketing online para sua loja online. Não tenha medo de buscar o suporte de especialistas profissionais em marketing online.

Ter a base e a estratégia certas para o sucesso de longo prazo da sua loja online é essencial e deve ser desenvolvido em cooperação com especialistas e seu know-how.

Continue Reading

3 razões pelas quais as empresas precisam do WhatsApp Business

Muitas empresas já descobriram o WhatsApp como um canal para tornar a comunicação com o cliente menos complicada e mais contemporânea. Mas quais vantagens a API oficial do WhatsApp Business oferece em comparação com a solução padrão anterior? Provamos com 3 razões pelas quais as empresas devem confiar em uma conta comercial.

1. Tchau tchau área cinza, olá seriedade

Existem várias soluções para o uso comercial do WhatsApp. O fato é que quase todas as empresas que usaram o Messenger antes de agosto de 2018 tiveram que usar uma conta privada para isso. Conheça outra versão do WhatsApp Business, o WhatsApp GB

Devido ao fornecimento por fornecedores de software, essas soluções pareciam sérias, mas não eram escaláveis ​​e nada além de compatíveis com GDPR. Assim, as empresas concordaram implicitamente com os termos de uso do WhatsApp, que, no entanto, excluem explicitamente o uso comercial.

E teoricamente, todo consumidor poderia fingir ser uma “empresa” simplesmente escolhendo um logotipo como foto de perfil e escrevendo para pessoas alegres sob essa falsa identidade.

Se é realmente o número do WhatsApp de uma empresa, não pode ser avaliado claramente de fora usando uma conta privada. Com a API oficial do WhatsApp Business, não é apenas possível uma solução oficial e legalmente válida que não requer acesso à lista telefônica privada.

Ao usar a API do WhatsApp Business, o nome da empresa aparece diretamente e, após verificação, um adesivo de verificação e a mensagem de chat de que se trata de uma conta comercial oficial. Isso permite que ambos os lados estabeleçam contato de maneira descomplicada e legalmente segura, o que cria uma confiança de longo prazo.

2. Nenhum número bloqueado e um contato para todos

Cada assinante e contato vale ouro. É ainda mais irritante quando uma empresa perde centenas ou até milhares de contatos porque o WhatsApp bloqueou os números usados.

A maioria das empresas que usava o Messenger por meio de um provedor de software provavelmente não sabia que isso era resultado do uso de uma conta privada. Na verdade, essa limitação é uma medida precoce tomada pela operadora para evitar boletins informativos em massa.

Qualquer pessoa que forneça regularmente informações promocionais a muitos contatos através de um número corre o risco de este canal de comunicação, que funciona bem, ser encerrado sem aviso prévio.

Portanto, se você deseja usar o WhatsApp para si mesmo a longo prazo, deve entender a proibição de boletins informativos como uma oportunidade de reorganizar a comunicação com o cliente e mudar para soluções mais práticas e legalmente compatíveis.

Uma mensagem como “Este canal já está cheio” dificulta o entendimento do usuário e dificulta o estabelecimento de contato, o que o WhatsApp deveria facilitar. Vários provedores de solução WhatsApp tentaram contornar esse problema usando vários números de celular.

Em última análise, no entanto, isso mostra o gelo fino que você pisou aqui. Com o uso da API WhatsApp Business legalmente compatível, essas soluções improvisadas são coisa do passado.

A conta oficial da empresa pode ser facilmente acessada pelo telefone fixo ou pelo 0800, também disponível no site. Isso significa que os clientes sempre sabem qual número podem usar para obter ajuda – seja por telefone ou WhatsApp.

Leia também: Porquê o Marketing é Importante

3. Liberdade ilimitada

A conversa manual no smartphone, que fica ao lado do laptop e jingles a cada segundo, dificilmente pode ser usada para implementar a estratégia de comunicação omnicanal voltada para o futuro que muitas empresas desejam. Na verdade, o tratamento aqui é tão demorado e complicado que dificilmente pode ser feito com um certo número de consultas do cliente.

Muitas soluções que já estavam em uso, também ofereciam uma interface atraente, mas a tecnologia por trás delas simplesmente não permitia o processamento em massa de mensagens. O acesso comercial verificado pelo WhatsApp pode ser integrado diretamente na própria interface de usuário da empresa.

Os dados do cliente também podem ser salvos no CRM e não vinculados a números individuais. Isso torna o uso do WhatsApp o mais fácil possível para os funcionários do serviço, torna mais fácil o processamento de mensagens rapidamente e também permite confirmações automáticas de pedido e envio ou um link para chatbots.

Continue Reading

6 Ideias de Negócio para 2020

6 ideais de negócio para você iniciar do zero com um pouquíssima infraestrutura e com pouquíssimo capital.

Você que tem buscado por uma ideia, que está procurando uma chance de negócio para ser capaz de montar, de repente um negócio que pode se transformar no negócio da sua vida, eu conseguiria criar este texto com uma lista inesgotável de possíveis empresas para você montar, porém eu selecionei 6 negócios!

O que eu levei em consideração na momento de realizar essa listagem? eu quis observar serviços em que você vai necessitar investir bem pouco (claro que não vai ser zero), ou seja, a dificuldade de início é bastante pequena, não são necessários grandes investimentos, seja investimento de dinheiro, investimento em estrutura, e investimento em staff. Você pode quase sem ajuda começar estes serviços.

E um outro ponto fundamental é que alguns desses serviços você vai ter necessidade de perseguir mais conhecimento que outros, porém o mercado está cheio de possibilidades de ensino profissionalizante para você poder começar uma caminhada de conhecimento.

6 negócios de pouco investimento para começar em 2020!

1 – Aulas particulares

O primeiro tipo de negócio é “aulas particulares”, este é um nicho que vem crescendo bastante, os cidadãos estão cada vez querendo serviços exclusivos, pode ser que por falta de tempo, ou por não desejar ficar se deslocando, e isto é uma chance para você que é um profissional em um segmento, ou pretende se transformar em um profissional.

O que que eu quero expressar com aulas particulares? vamos presumir que você tenha um estudo, qualquer coisa que alguns cidadãos precisem e queiram saber você pode utilizar.

Vamos presumir que você conheça língua francesa fluente, você pode ofertar aulas particulares de francês, vamos presumir que você conheça bastante de culinária, você pode ofertar aulas particulares de culinária, vamos presumir que você seja diplomado em educação física, você pode ser um personal trainer.

Eu chamo de aulas particulares, porém são serviços particulares em maior parte, exclusivos, é um nicho que tem crescido bastante e aí inegavelmente depende de você ter uma especialização nesses assuntos, porém se especializar cabe a você estudar.

Por isso essas são algumas ideias para você refletir, porém a grande dica é você refletir fora da caixa, vamos presumir que você seja diplomado em língua francesa, em vez de você apenas ficar dando aulas em colégios, você pode se especializar e criar sua própria empresa, preenchendo os teus horários dando aulas particulares, dessa maneira você vai passar e ter bem mais grana.

2 – Microfranquia

A segunda orientação é para uma pessoa que não possui tanta experiência como o negócio, que pretende conseguir um modelo que já vem com uma estrutura, que já venha com os processos, que basta copiar, este negócio é uma microfranquia.

Micro franquias são franquias, serviços validados, modelados, que você pode comprar para utilizar no seu ponto comercial, ou até virtualmente, com baixo capital.

As microfranquias, segundo a Associação Brasileira de Franchising, são franquia com investimento abaixo de R$ 50 mil, eu ainda assim considero este investimento inaugural um pouco alto, por isso vamos observar aqui microfranquias como franquias com investimento de até 10 mil reais.

E frequentemente consegue este valor negociando, pagando uma tarifa de franquia, o remanescente você investindo posteriormente, possui franquias que aceitam cartão de crédito, possui franquias que possui pacto com linhas de crédito no BNDS, no banco do Brasil, na caixa econômica, em suma, possui um série de facilidades.

Porém das empresas que vou mostrar aqui, este é o que requer maior capital, de repente é para aquela pessoa que acabou de ganhar uma indenização, que acabou de vender um bem para conseguir montar um negócio, vendeu um automóvel ou um imóvel, e está com este capital estacionado querendo aplicar no negócio, a microfranquia pode ser rentável para você.

Vale a pena você inegavelmente averiguar a empresa que você pretende abrir a microfranquia, relacionar-se com mais micro franqueados, analisar o feedback deles em correlação ao suporte da franqueadora, e similarmente as capacidade de renda, em quanto tempo você vai ter retorno desse investimento.

3 –  Marketing de afiliados

Marketing de afiliados


O terceiro negócio que eu indico é de afiliação. Pode ser que você jamais tenha ouvido falar em marketing de afiliados, porém isto é um forte movimento na internet, eu mesmo já atuei no decorrer de algum tempo com o marketing de afiliados, é principalmente um negócio no qual você constrói sua influência na internet, e divulga o produto digital de outras empresas.

Por exemplo, vamos presumir que aqui neste site eu tivesse uma público-alvo que pretende entender contabilidade, eu poderia tratar com qualquer empresa na internet que venda curso digital de contabilidade e realizar uma sociedade, para ganhar uma comissão de cada recomendação de aluno que eu conseguir para eles. Na verdade já existem plataformas como Hotmart e Monetizze que facilitam este encontro entre pessoas que já tem os cursos prontos com outras que desejam realizar a divulgação e receber as comissões.

Eu conheço colegas profissionais nesse mercado que faturam de R$ 10 mil a R$ 30 mil por mês trabalhando com afiliação. Há alguns investimentos que precisam ser feitos, especialmente em conhecimento, em seguida em marketing, tráfego, entre outros. Porém é um negócio bastante rentável, e não poderia deixar de aparecer aqui na minha listagem.

Para entender como funciona esse mercado e para iniciar com um custo muito pequeno, a melhor maneira é através do curso Robô Milionário do João Pedro, ele ensina técnica de chatbot, criação de blogs, e estratégias de vendas no Youtube para conseguir vender produtos digitais na internet de maneira efetiva com baixo investimento, é sem dúvida o curso número 1 que eu recomendo.

4 –  Consultoria

O quarto negócio é consultoria, muita gente no Brasil possui necessidade não apenas de experiência, porém de conhecimento, e elas desejam um profissional que apresente um laudo sobre certo assunto. Por exemplo, pode ser realizado uma análise do negócio da pessoa, ou algo da vida pessoal, há consultores em muitas áreas, a jogada é que você pode criar sua própria empresa de consultoria investindo bem pouco.

Vamos presumir que você seja um profissional em finanças, você pode realizar consultoria financeira, auxiliando as cidadãos a estruturar o fluxo de caixa, estruturar receita/despesa, planejar melhor o cartão de crédito, em que momento utilizar cheque especial, reduzir dívidas, etc.

5 – Agência de marketing digital

O quinto negócio que eu indico é dos com mais potencialidade. Uma agência de marketing digital focado em execução.

A quantidade de companhias que há no Brasil em qualquer região é surpreendente, e eu estou falando de companhias offline, a maior parte dessas companhias não tem um plano para consegue se edificar na internet, e nem a execução, como desenvolver a loja virtual, montar redes sociais, criar conteúdo, etc. Eles não sabem executar isso! Posso citar vários exemplos de colegas que aprenderam a como abrir uma loja de roupas em ponto comercial, mas até hoje querem expandir para o online mas ainda não acertaram a mão, e para esse público que você deve oferecer seus serviços.

A agência de marketing digital que estou sugerindo pra você é uma agência de execução, você oferece para essas companhias: construo o site institucional, loja virtual, publicações semanais redes sociais, etc. Este tipo de serviço há muita procura no mercado.

6 –  E-commerce

E pra gente terminar a sétima orientação de negócio é e-commerce!

Este é um dos serviços com maior potencialidade de multiplicação dos próximos anos! A orientação é você se posicionar agora, já que o e-commerce é um mercado muitíssimo amadurecido, de todos os mercados que mostrei aqui, este é o mercado mais inabalável, com mais de R$ 70 bilhões de receita ao ano, um desenvolvimento exponencial de 2 dígitos percentuais ao ano, e uma estimativa de que vai triplicar de dimensão nos próximos dez anos.

E se a gente olhar para 10 anos atrás mais do que triplicou, cresceu mais de 6 vezes. E para daqui a dez anos? Eu digo que vai triplicar, você pode usufruir isto ou você pode desconsiderar, e lá na frente confessar “caramba se eu tivesse montado este negócio lá atrás hoje estaria muitíssimo bem!”

Se você enxerga o e-commerce como uma possibilidade para você, eu indico conhecer a lista de fornecedores de roupas importadas, é uma lista em PDF direcionada exatamente para pessoa que está começando e precisa encontrar fornecedores de qualidade para começar a divulgar e testar seu negócio de revenda de roupas.

Se você ficou com qualquer questão sobre o conteúdo desse texto deixa um comentário aqui embaixo, vamos tratar a respeito!

Continue Reading